facebooktwitter

Em parceria com o SEBRAE, Rede Lucy Montoro realiza projeto sobre empreendedorismo

O projeto Formando Empreendedores, iniciado em maio, no auditório do IMREA Lapa, e com novas datas para junho, foi um sucesso. A primeira palestra, "Empreendedorismo como opção de carreira", foi ministrada pela analista de negócios do escritório do SEBRAE Região Oeste, Liliana Francisco da Silva e faz parte de uma parceria firmada com o Serviço de Reabilitação Profissional do IMREA - HCFMUSP.

No primeiro encontro, Liliana explicou aos pacientes e cuidadores participantes o papel do SEBRAE no atendimento a microempresários e empreendedores por meio de capacitações, projetos e cursos oferecidos nas áreas de gestão. Segundo Liliana, o Sebrae também disponibiliza auxílio com consultorias pré-agendadas com especialistas em vários temas ligados ao empreendedorismo. "O SEBRAE tem atuação nacional com mais de 700 pontos de atendimentos em todo Brasil. No Estado de São Paulo, a Instituição tem forte atuação e possui mais de 150 postos de atendimento".

"Para empreender é necessário escolher algo com o qual a pessoa possa se identificar, ter uma independência, enxergar possibilidades de caminhos, ser agente transformador e atingir a auto realização", comentou Liliane, que destacou o perfil dos novos empreendedores brasileiros "em sua maioria são jovens na faixa de 18 a 34 anos e que sonham abrir seu próprio negócio na lista das prioridades de vida".

“Palestra excelente, para mim, veio no momento certo pois tenho muita vontade de montar uma empresa no segmento de adesivos e espero concretizá-lo”, afirmou Fernando Luis Poffo, paciente do IMREA Lapa. “Pensamos em várias possibilidades, desde abrir uma loja de artesanatos até criar nosso website. A palestra nos ajudou a enxergar tais possibilidades”, Iverli Mara Lopes esposa e cuidadora do paciente Ronaldo Bernardo da Silva, paciente de internação do Instituto Lucy Montoro do Morumbi.

“Qualquer possibilidade de poder falar para esse público e de estimular o empreendedorismo como oportunidade de caminho é maravilhoso!”, completou a palestrante Liliana.

Para Maria Helena Delanesi Guedes, responsável pela Reabilitação Profissional, a parceria vem ao encontro dos objetivos do trabalho do Serviço que representa.

"O Projeto Formando Empreendedores coloca o paciente diante de possibilidades de atuação profissional e geração de renda, fazendo uso dos ganhos que obteve no programa de reabilitação e de capacitação profissional", afirmou. "Mais do que mostrar a possibilidade, queremos despertar o interesse e capacitar o paciente para empreender em si mesmo, utilizando as atividades que aprendeu e reverter os resultados a seu favor e de sua família. Dessa forma, além da inserção/inclusão profissional e social, estaremos propiciando oportunidade de praticar sua auto-confiança e reafirmar sua auto-estima, com reflexos em sua qualidade de vida e exercício da cidadania", completou Maria Helena.

O projeto continua com novas palestra, sob os temas: "Ganhe mercado", "Começar Bem - Formalização" e "Fluxo de Caixa".