Segundo OMS, Unidade Móvel da Rede Lucy Montoro é exemplo de provisão de órteses e próteses

  • Print

A Unidade Móvel da Rede de Reabilitação Lucy Montoro foi citada, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como exemplo de sucesso no aumento do acesso a órteses e próteses à população.

A afirmação está em uma publicação coordenada pela OMS, a Sociedade Internacional de Órteses e Próteses (ISPO) e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) lançada recentemente. O material contém um conjunto de normas e um manual de implementação sobre as políticas, os serviços, os profissionais e os produtos necessários para a provisão de órteses e próteses com qualidade (Standards for Prosthetics and Orthotics).

Com o objetivo de assegurar que o fornecimento de órteses e próteses seja orientado pelas necessidades dos usuários e pelas características dos ambientes em que estão inseridos, as normas e o manual de implementação apresentam as melhores evidências científicas disponíveis e casos que ilustram a correta aplicação desses princípios para a prestação de serviços de qualidade.

Dentre os exemplos disponíveis para orientação de gestores de saúde, reabilitação e provisão de produtos assistivos em todo o mundo, a Unidade Móvel da Rede Lucy Montoro é apresentada como uma estratégia de sucesso para a conscientização sobre as necessidades dos usuários e o aumento do acesso a órteses e próteses por meio da descentralização da prestação de serviços.

A publicação está disponível, gratuitamente, em inglês: Parte 1 e Parte 2.