Médica Fisiatra, professora da USP, assume posto de Vice Presidente da Academia de Medicina de São Paulo

  • Print

Profª Drª Linamara Rizzo Battistella assume a Vice Presidência na 100ª gestão da Academia

Na centésima gestão da Academia de Medicina de São Paulo, assume o posto de Vice Presidente para o Biênio 2019 a 2020, a médica fisiatra e professora titular da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, a Profª Drª Linamara Rizzo Battistella. Segundo o atual presidente, que também acaba de tomar posse, Dr. José Luiz Gomes do Amaral, sobre a nova diretoria: “trata-se de grupo de notáveis, que reúne, entre outros, professores de inúmeros professores e respeitadas lideranças médicas”.

Além da Profª Draª Linamara Rizzo Battistella, como Vice Presidente, assumem a Diretoria para o mesmo período: Paulo Manuel Pêgo-Fernandes, Sérgio Bortolai Libonati, Marilene Rezende Melo, Walter Manna Albertoni, Guido Arturo Palomba, Helio Begliomini, Carlos Alberto Salvatore, Luiz Fernando Pinheiro Franco, Arary da Cruz Tiriba, Affonso Renato Meira, Giovanni Guido Cerri e Edmund Chada Baracat.

“Ao longo de sua mais que centenária existência a Academia de Medicina de São Paulo tem reunido representantes do melhor de nossa medicina e será a interação sinérgica de seus membros a força maior desta venerável instituição”, declarou o atual Presidente.

Doutora Linamara é professora titular de Fisiatria na USP e é a idealizadora e criadora da Rede de Reabilitação Lucy Montoro, que reúne 20 unidades no estado de São Paulo. Sua expertise e ativismo na área da reabilitação e defesa dos direitos das pessoas com deficiência lhe conferiu o posto de Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo de São Paulo, por uma década.

Atualmente, a Profª Linamara também exerce o cargo de Diretora do Centro Colaborador da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial de Saúde (OPAS/OMS) para Reabilitação, além de ser Presidente do Conselho Diretor da Rede de Reabilitação Lucy Montoro.

 

Academia